sábado, 12 de setembro de 2009

Imagem da Nasa mostra ataque de 11/9 visto do espaço


     A Nasa divulgou nesta sexta-feira uma imagem do ataque terrorista ao World Trade Center, capturada por Frank Culbertson, comandante da Estação Espacial Internacional na época. Suas palavras naquele dia foram: "nossas orações e pensamentos a todas as pessoas que estão lá, e em todo lugar".

http://img.terra.com.br/i/2009/09/11/1317050-9696-atm17.jpg
Imagem de satélite registrou o rastro de fumaça deixado pelos ataques de 11 de Setembro, em Nova York (imagem: Nasa/Divulgação)

     Há oito anos, o mundo parou quando 19 membros da Al-Qaeda assumiram o controle de quatro aviões e provocaram uma série de atentados nos Estados Unidos, com saldo de aproximadamente 3 mil mortos. Menos de dois meses depois, George W. Bush e seus aliados decidiram invadir o Afeganistão e, em 2003, o Iraque, no que o então presidente chamou de "guerra contra o terrorismo".
     Veja mais imagens:

Aeronave segue para uma das torres do World Trade Center
Aeronave segue para uma das torres do World Trade Center (foto: AP)

http://img.terra.com.br/i/2009/09/11/1316402-9401-atm14.jpg
Explosão acontece quando segundo avião se choca contra o prédio (foto: AP)

http://img.terra.com.br/i/2009/09/11/1316405-8920-atm14.jpg
Fumaça sai de torre do World Trade Center atingida por aeronave, em 11 de setembro de 2001, em Nova York (foto: AP)

http://img.terra.com.br/i/2009/09/11/1316406-8696-atm14.jpg
Imagem mostra queda de uma pessoa que pulou da torre norte do World Trade Center (foto: AP)

http://img.terra.com.br/i/2009/09/11/1316407-6989-atm14.jpg
Homens correm de fumaça e destroços causados pela queda da construção (foto: AP)

http://img.terra.com.br/i/2009/09/11/1316410-8915-atm14.jpg
Bombeiros e equipes de resgate fazem buscas na área do edifício, no dia seguinte aos ataques (foto: AP)

http://img.terra.com.br/i/2009/09/11/1316411-7500-atm14.jpg
Bombeiros de Nova York erguem bandeira dos Estados Unidos dos destroços da construção (foto: AP)

http://img.terra.com.br/i/2009/09/11/1316415-6985-atm14.jpg
Membros da equipe de resgate caminham em frente aos destroços da base do World Trade Center (foto: AP)

Fonte: Gizmodo - Terra
Postado por Wilson Junior Weschenfelder


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

Engenheiros de Nova York planejam barreiras contra elevação do mar


     A cidade de Nova York começa a se preocupar com o aumento do nível do mar. Surgiu esta semana o primeiro estudo de obras para evitar que as águas invadam parte da cidade. As previsões de aumento das marés até 2100 vão de 50 cm a 2 metros, dependendo do instituto de pesquisa. Isso pode ser o suficiente para engolir algumas quadras, principalmente se a maré alta coincidir com a chegada de uma ressaca.

http://colunas.epoca.globo.com/files/437/2009/09/nyoceanbarrier0009gesloten.jpg
O projeto inclui uma barreira móvel ao lado da ponte Verrazano Narrows

     O nível do mar pode subir mais rápido em Nova York do que em outras grandes cidades litorâneas. Isso é uma conseqüência da interação entere a força gravitacional e as correntes oceânicas. É a conclusão de um estudo recente feito por um conjunto de universidades dos Estados Unidos e do Reino Unido.
     Diante do risco de enchente, alguns pesquisadores e engenheiros começaram a debater como proteger a cidade. Eles estão pensando em estruturas para evitar que a água invada a parte baixa da cidade (que inclui seu coração financeiro), as redes elétricas e o metrô. Seriam barreiras semelhantes as que existem em Londres, Roterdã e São Petersburgo. O projeto inclui uma barreira móvel ao lado da ponte Verrazano Narrows (exibida na foto acima), que liga Staten Island ao Brooklin. Outra barreira também seria instalada no canal entre Staten Island e o continente. O plano foi apresentado esta semana na conferência H209 Water Fórum, em Nova York, que discutiu as vulnerabilidades da cidade às mudanças climáticas.

http://media-2.web.britannica.com/eb-media/08/67908-004-660132D4.jpg

Autor: Alexandre Mansur - Blog do Planeta
Postado e adaptado por Wilson Junior Weschenfelder


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

Ecossistemas do Ártico são gravemente afetados pelo aquecimento, diz estudo


Populações de certas espécies estão se alterando na região.
Desequilíbrio de ciclo nutricional afeta sobrevivência.

     A temperatura média da superfície terrestre subiu 0,4°C nos últimos 150 anos. Mas no Ártico o aquecimento foi duas a três vezes maior. Nas últimas duas a três décadas, a extensão mínima da calota de gelo sobre o mar ártico recuou 45 mil quilômetros quadrados por ano. Evidentemente, isso não pode ocorrer sem consequências. Pesquisadores liderados por Eric Post, do departamento de biologia da Universidade Estadual da Pensilvânia, publicaram na "Science" um balanço dos impactos do efeito estufa sobre ecossistemas do Polo Norte.

Foto: Universidade Estadual da Pensilvânia/Science
Aquecimento no Ártico foi duas a três vezes maior que a média global. (Foto: Universidade Estadual da Pensilvânia/Science)

     As espécies mais afetadas são aquelas que dependem do gelo para obter provisões, reproduzir-se e para escapar de predadores. Estão nessa situação incômoda a foca-de-crista ou foca-de-capuz (Cystophora cristata), a foca anelada (Pusa hispida), a morsa do Pacífico (Odobenus rosmarus divergens), o narval ou unicórnio-do-mar (Monodon monoceros) e o urso polar.
     Mas há muitos outros sinais de desarranjo. Por exemplo: a população de raposas-do-Ártico (Alopex lagopus) está declinando em certas áreas, enquanto cresce a de raposas-vermelhas (Vulpes vulpes). Em algumas regiões da Groenlândia, o princípio da temporada de crescimento de vegetação foi antecipado, enquanto o período de procriação das renas (Rangifer tarandus) continua como sempre foi. O auge de oferta de alimento acontece agora antes do pico de demanda das fêmeas prenhes. Quando elas mais precisam, a comida já está escasseando. O resultado disso é um desequilíbrio de ciclo nutricional que está reduzindo o número das crias e abreviando seu tempo de vida.

Reprodução/Reprodução


     Essas alterações aceleradas que estão sacudindo o Ártico, todas vinculadas ao clima, podem ser um indício de mudanças prestes a ocorrer em latitudes mais baixas, avisa a equipe de Post.

Science/Science
Efeito estufa altera ciclo nutricional e está prejudicando a reprodução de renas. (Foto: Universidade Estadual da Pensilvânia/Science)

Fonte: G1
Postado por Wilson Junior Weschenfelder


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Suicídio vai crescer 50% nos próximos onze anos, diz OMS


Para entidade, educação sobre o tema é a melhor forma de prevenção.
Famílias devem discutir o assunto com pessoas que apresentam risco.

     Cerca de um milhão de pessoas cometem suicídio todos os anos no mundo. Por dia, uma em cada vinte tentativas é consumada. Os dados são da Organização Mundial da Saúde (OMS) e Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio (IASP, na sigla em inglês) que apontam para um cenário ainda pior para os próximos anos. De acordo com as entidades, o problema deve crescer 50% e atingir a marca de 1,5 milhão de casos em 2020.

http://www.spectrumgothic.com.br/images/gothic/suicidio02.jpg

     Nesta quinta-feira (10), quando é lembrado o dia internacional para prevenção do suicídio, as entidades advertem que a educação sobre o tema é a melhor forma de prevenção. De acordo com o psiquiatra e professor do curso de atualização em Medicina Comportamental da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Geraldo Possendoro, os grupos mais expostos são o dos pacientes psiquiátricos, como esquizofrênicos e depressivos.
     Fatores como a idade, estado civil e uso de drogas também contribuem para o aumento do risco. "Pessoas mais idosas, separadas e que fazem uso de drogas de abuso, como o álcool, cometem mais suicídio", explica o médico.
     Não só os mais idosos, porém, estão expostos. De acordo com a OMS, a taxa de suicídio entre os jovens vem subindo a ponto de essa população ser considerada como a de maior risco em um terço dos países.

http://www.marcelomoutinho.com.br/blog/suicidios-thumb.jpg

     Possendoro afirma que, ao contrário do senso comum, conversar sobre o assunto é a melhor forma de proteger as pessoas.
     Quando família percebe que um indivíduo, com fatores de risco, começa a desqualificar suas atividades rotineiras e ter um discurso de desesperança recorrente ele pode ser abordada. "Conversar sobre isso não vai fazer o indivíduo tentar, pelo contrário pode fazer com que ele se abra e procure ajuda", diz o psiquiatra.

Fonte: Emilio Sant'Anna - G1
Postado e adaptado por Wilson Junior Weschenfelde


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Nova secretária-geral de Governo do RS responde a processo por improbidade na Fepam


http://centrodeestudosambientais.files.wordpress.com/2009/09/logofepam.jpg

     A recém anunciada titular da Secretaria-Geral de Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Ana Maria Pellini, já assume o cargo respondendo a um processo por improbidade administrativa. Pellini é acusada de favorecer empresas do setor de silvicultura, celulose e geração de energia em detrimento do meio ambiente, e responde também por denúncias de assédio moral quando era presidente da Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luis Roessler (Fepam).
     As ONGs Sociedade Amigos das Águas Limpas e do Verde (Saalve), Agapan, Igré, Instituto Biofilia e Mira-Serra ingressaram com a Ação Civil Pública por Improbidade Administrativa contra Pellini, que foi acolhida em 7 de agosto de 2008 pelo juiz Eugênio Couto Terra, da 1ª Vara de Fazenda Pública. O processo nº 1080208326-2 ainda não foi julgado. Foi a primeira ação deste tipo movida por ONGs no Rio Grande do Sul. Por meio da ação, a sociedade civil organizada gaúcha pedia que a presidente fosse destituída do cargo em favor da gestão ambiental do Estado e do meio ambiente.

http://www.riograndedosul.rs.gov.br/arquivos/galeria_fotos/20080815135434it08081512h00_26at1.jpg
A diretora-presidente da Fepam, Ana Maria Pellini, concede entrevista coletiva sobre a ação civil pública impetrada por cinco ONGs gaúchas e que tramita na 1ª Vara da Fazenda Pública ( Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini) (fonte)

     Caso seja condenada, Pelllini terá de pagar uma multa para ressarcir o valor dos danos causados ao meio ambiente, além de 100 vezes o valor de sua remuneração. Também perderá os direitos políticos e estará proibida de ser contratada ou de receber incentivos diretos ou indiretos do poder público.

Fonte: Movimento Integridade / EcoAgência - CEA
Postado a adaptado por Wilson Junior Weschenfelder


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Vírus pode ser causa de câncer de próstata, diz estudo


     Um vírus conhecido por causar leucemia e tumores em animais e encontrado em alguns tumores de próstata pode ser uma causa do câncer de próstata, disseram pesquisadores norte-americanos nesta segunda-feira. Eles encontraram o vírus da leucemia murina xenotrópica, ou XMRV, em 27% dos tumores de próstata em humanos analisados, especialmente tumores agressivos.

http://static.guim.co.uk/sys-images/Guardian/About/General/2009/9/7/1252339254097/xmrv-virus-001.jpg
XMRV tem sido visto em tecido de câncer de próstata. As células infectadas são mostrados em verde. (Fotografia: Hamburg University Medical / Arbeitsgruppe Fischer) (fonte)

     As descobertas, relatadas em publicação da Academia Nacional de Ciências, podem proporcionar maneiras de se identificar melhor os tumores de próstata perigosos e fabricar drogas ou vacinas para tratar e até prevenir o câncer de próstata.
     "Nossa análise de 233 casos de câncer de próstata e 101 casos benignos mostrou uma associação da infecção por XMRV com o câncer de próstata, especialmente com tumores mais agressivos", escreveu a equipe da Dra. Ila Singh, das Universidades de Utah e Columbia em Nova York.
     Recentemente se descobriu que os vírus causam alguns tipos de câncer, notadamente o papilomavírus ou HPV que causa câncer cervical e alguns casos de cânceres peniano, anal, da cabeça e do pescoço. Alguns laboratórios fabricam vacinas para evitar infecções de HPV.

http://www.path.utah.edu/copy_of_XMRV.jpg
XMRV visualizado por microscopia eletrônica de transmissão (fonte)

     O mercado de vacinas para prevenir o câncer de próstata ou para aprimorar medicamentos para tratá-lo pode ser enorme. O câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens depois do câncer de pulmão e mata 254 mil homens por ano em todo o mundo.

Fonte: Reuters - Terra Notícias
Postado e adaptado por Wilson Junior Weschenfelder


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

Baleia é encontrada morta em praia do litoral sul de SC

Segundo biológos, corpo de animal estava sem cabeça e em avançado estado de decomposição

     Uma baleia rorqual foi encontrada na manhã deste domingo morta no costão da Praia de Itapirubá, localizada entre os municípios de Imbituba e Laguna, no Litoral Sul de Santa Catarina. O animal tinha aproximadamente 15 metros, segundo o projeto Baleia Franca.

http://img.terra.com.br/i/2009/09/07/1312688-9465-ga.jpg
O animal foi achado entre os municípios de Imbituba e Laguna

     Ao chegar ao local, avisado por moradores da região, a equipe de pesquisa do projeto constatou o encalhe do morto, em avançado estado de decomposição e sem a cabeça, o que impossibilitou a identificação da espécie.
     "Trata-se de uma baleia rorqual, que significa ser possuidora de um conjunto de pregas na pele do ventre. A identificação exata da espécie ainda não foi possível devido à posição em que o animal se encontra, dificultando a observação das características necessárias para a definição da espécie", afirmou a bióloga Audrey AmorimAudrey.
     "Ela foi trazida pela maré já em avançado estado de decomposição e com a cabeça separada do corpo. O CMA Sul coordenará a ação de destino da carcaça do animal, tentando retirá-la do local através de embarcação, rebocando até uma praia mais afastada para então enterrá-la", completou a gerente de campo do Projeto Baleia Franca.
     Quando recebeu a notícia e viu as fotos tiradas por moradores, Audrey constatou que não se tratava de uma baleia franca (pertencente à família Balaenidae), espécie que nesta época do ano frequenta o litoral catarinense a fim de acasalar, procriar e amamentar os seus filhotes. Nesta temporada, nenhum encalhe de franca foi registrado.

http://img.terra.com.br/i/2009/09/07/1312689-3405-ga.jpg
O animal tinha aproximadamente 15 metros, segundo o projeto Baleia Franca

Fonte: Redação Terra
Postado por Wilson Junior Weschenfelder


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

Estudo sugere que todos os humanos 'são mutantes'


     Um estudo britânico e chinês sugere que cada ser humano possui pelo menos 100 mutações genéticas no DNA.
     Nos últimos 70 anos, vários cientistas vêm tentando chegar a uma estimativa precisa sobre a taxa de mutação nos humanos.
     A pesquisa recente, publicada na edição desta semana da revista científica Current Biology, conseguiu chegar a um número considerado confiável graças às novas tecnologias de sequenciamento genético.

http://www.bbc.co.uk/worldservice/assets/images/2009/09/03/090903000359_genetica226.jpg
Cada humano carrega pelo menos 100 mutações genéticas

     Os cientistas aplicaram a tecnologia ao estudo dos cromossomos "Y" de dois homens chineses. Os pesquisadores sabiam que os dois eram parentes distantes e partilhavam de um antepassado comum que nascera em 1805.
     Ao analisar as diferenças genéticas entre os dois homens e o tamanho do genoma humano, os cientistas concluíram que as novas mutações genéticas podem chegar a 100 e 200 por pessoa.
     Notícia completa AQUI.

Autor: Sudeep Chand - BBC News
Postado por Wilson Junior Weschenfelder


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

Depressão será a doença mais comum do mundo em 2030, diz OMS


Dados divulgados nesta quarta-feira pela Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que, nos próximos 20 anos, a depressão deve se tornar a doença mais comum do mundo, afetando mais pessoas do que qualquer outro problema de saúde, incluindo câncer e doenças cardíacas.

     Segundo a OMS, a depressão será também a doença que mais gerará custos econômicos e sociais para os governos, devido aos gastos com tratamento para a população e às perdas de produção.

http://www.bbc.co.uk/worldservice/assets/images/2009/09/02/090902152756_deprespl386.jpg
Segundo OMS, pobres sofrem mais com problema que ricos

     De acordo com o órgão, os países pobres são os que mais devem sofrer com o problema, já que são registrados mais casos de depressão nestes lugares do que em países desenvolvidos.
     Atualmente, mais de 450 milhões de pessoas são afetadas diretamente por transtornos mentais, a maioria delas nos países em desenvolvimento, segundo a OMS. As informações foram divulgadas durante a primeira Cúpula Global de Saúde Mental, realizada em Atenas, na Grécia.
     Notícia completa AQUI.

Fonte: BBC Brasil
Postado por Wilson Junior Weschenfelder


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

No Alasca, pescadores protestam contra acidificação dos oceanos


Mais de cem embarcações formaram a frase "Oceano Ácido".
Queima de combustíveis fósseis também afeta ecossistema marinho.

http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/foto/0,,21871318-FMM,00.jpg
Mais de cem pescadores e marinheiros utilizaram suas embarcações para formar a frase "Oceano Ácido", no Alasca. Manifestação lembra que acidificação dos oceanos é decorrência da emissão de gases resultantes da queima de combustíveis fósseis. (Foto: REUTERS/Lou Dematteis)

Fonte: G1
Postado por Wilson Junior Weschenfelder


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Estudos recomendam a proibição de duas substâncias


     A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou o banimento de uso, em todo país, do ingrediente ativo endossulfam, agrotóxico utilizado no cultivo de algodão, cacau, café, cana de açúcar e soja. A indicação, publicada na Consulta Pública 61, na última sexta-feira (4), prevê, ainda, a suspensão da importação e do registro de novos agrotóxicos a base dessa substância.

http://greenpeace.blogtv.uol.com.br/img/Image/Greenpeace/2007/Dezembro/agrotoxicos2.jpg

     Ainda conforme o divulgado pela Anvisa, para o ingrediente ativo acefato, a Consulta Pública 60 da Agência, apontou para a proibição imediata de uso nas culturas de amendoim, batata, brócolis, citros, couve, couve-flor, cravo, crisântemo, feijão, fumo, melão, pimentão, repolho, rosa e tomate. O acefato só poderá ser usado em algodão e soja, até a data de 31 de outubro de 2013.
     A Anvisa também recomendou a proibição de uso doméstico e em jardinagem do acefato e restringiu a ingestão diária aceitável do produto de 0,03 mg/Kg de peso corpóreo/dia para 0,0008 mg/kg de peso corpóreo/dia. Essa substância não poderá ser aplicada de forma manual e costal (bombas nas costas).
     As restrições de uso desses dois ingredientes ativos de agrotóxicos é baseado em estudos que apontam para graves danos de saúde relacionados ao uso dessas substâncias. Além disso, o acefato e endossulfam já foram banidos em vários países do mundo.

Substâncias
Países em que estão banidos Problemas relacionados
Acefato Comunidade Européia

neurotoxicidade, suspeita de carcinogenicidade e de toxicidade reprodutiva e a necessidade de revisar a Ingestão Diária Aceitável




Endossulfam

 



Comunidade Européia

Índia (só está autorizada a produção do agrotóxico)

Burkina Faso

Cabo Verde

Gâmbia

Mali

Mauritânia

Nígeria

Senegal

Argentina

dentre outros países

alta toxicidade aguda, suspeita de desregulação endócrina e toxicidade reprodutiva


Fonte: Anvisa - EcoAgência
Postado e adaptado por Wilson Junior Weschenfelder


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

Energia eólica tem custo mais baixo que as térmicas a gás e diesel


     Estudo elaborado pela Eletrobrás e apresentado nesta sexta-feira em um seminário promovido pela Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais do Rio de Janeiro (Apimec/RJ) elimina um dos principais mitos ligados à energia eólica: de que se trata de uma fonte energética cara. O evento foi realizado na sede da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

http://4.bp.blogspot.com/_x0sWnJB8bQ8/SYOh9LxOyrI/AAAAAAAAAEc/92l90fxEG1g/s400/middelgrunden.jpg

     O chefe do Departamento de Engenharia e Gestão de Obras de Geração da estatal, Marcio Drummond, mostrou aos participantes do seminário que embora apresente um custo de investimento inicial mais caro que as térmicas a gás e a diesel, por exemplo, o custo operacional das usinas eólicas resulta bem menor.
     "Com dez dias, a eólica já passa a valer a pena em relação às usinas a gás, por exemplo", disse Drummond. Na comparação com as térmicas a diesel, bastariam seis dias para evidenciar a vantagem da geração eólica, de acordo com o estudo. Drummond acrescentou que, "em dois meses, você pode dizer que a energia eólica compensa qualquer coisa". Isso significa que após 60 dias a energia gerada pela usina eólica começa a ficar mais barata que a energia de outras fontes.
     O estudo será divulgado oficialmente pela Eletrobrás somente em novembro próximo, durante evento em Recife (PE). Por isso, Drummond não quis adiantar mais detalhes sobre o trabalho.

http://www.ecodebate.com.br/foto/termocarvao3.jpg
Emissões de CO2 de termoelétricas aumentam mais de 100% em 13 anos

Fonte: Agência Brasil - Terra Notícias
Postado e adaptado por Wilson Junior Weschenfelder


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

Massacre de golfinhos causa polêmica em ilha do Japão


     Com a chegada do mês de setembro, espetáculos de beleza e horror dividem espaço na pequena cidade de Taiji, na costa meridional da ilha japonesa de Honshu. Enquanto milhares de golfinhos chegam à região para aproveitar a época de peixes em abundância, pescadores iniciam um massacre considerado por muitos como um ato de ferocidade sem limites. As informações foram publicadas pelo jornal britânico Daily Mail neste sábado.
     Apesar de serem admirados como animais dóceis, os golfinhos são vistos pelos pescadores de uma forma diferente. Para eles, estes cetáceos são apenas uma fonte de carne barata e pragas a serem exterminadas, segundo o jornal britânico. Os caçadores, em dezenas de barcos, encurralam os animais em uma pequena enseada para matá-los a golpes repetidos com longos arpões e facões. A angra de 4,6 m² se ruboriza, como se repleta apenas de sangue.

http://img.terra.com.br/i/2009/09/05/1311861-2525-atm17.jpg
Imagem de arquivo mostra o massacre realizado todo outono na ilha japonesa de Honshu

     No curso da temporada de seis meses, os pescadores matam quase 2 mil golfinhos e vendem a carne para supermercados locais a cerca de US$ 500. Os pescadores complementam sua renda capturando cerca de cem golfinhos vivos e vendendo cada um por dezenas de milhares de dólares para aquários no Japão, China, Coreia do Sul, Irã e Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.
     O acontecimento não é bem visto pela mídia internacional e por grupos ambientais que se arriscam na região para protestar contra o massacre. No ano passado, o documentário "The Cove", um vencedor do Festival de Sundance que estreou nos Estados Unidos no início deste mês, reabriu antigas feridas.
     O filme acompanha uma equipe internacional de fotógrafos, mergulhadores e ativistas em sua missão de documentar a caça a golfinhos, enfrentando a oposição de autoridades municipais, policiais e pescadores de Taiji.

Fonte: National Geographic - Redação Terra
Postado por Wilson Junior Weschenfelder


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

Discussão do G20 sobre o aquecimento global termina em impasse


Ministros das Finanças não chegaram a acordo para documento pós-Kioto.
Negociações vão ser retomadas em dezembro em Copenhague.

     As diferenças entre países ricos e em desenvolvimento impediram neste sábado (5) que os ministros das Finanças do G20 chegassem a um acordo sobre medidas contra o aquecimento global. O impasse colocou em xeque os esforços das Nações Unidas para um novo tratado sobre a questão climática.
     Os países industrializados fizeram progresso no tema do financiamento às medidas, mas encontraram oposição dos países emergentes, como China e Índia, que temem que as propostas possam prejudicar seu crescimento econômico, segundo fontes na reunião.

http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/foto/0,,21860945,00.jpg
O ministro das Finanças da Suécia, Anders Borg (à esquerda), pede a um policial informações para chegar ao local da entrevista final da reunião do G20, em Londres, neste sábado (5). (Foto: AFP)

     No comunicado divulgado neste sábado, os ministros disseram que vão trabalhar para tentar chegar a um consenso sobre o tema em uma reunião da ONU que vai ocorrer em dezembro em Copenhague, cujo objetivo será esboçar um novo tratado para suceder o Protocolo de Kioto.
     O ministro britânico das Finanças, Alistair Darling, disse que houve discussão "muito substancial" sobre o assunto, mas não se chegou a medidas específicas.
     O ministro sueco, Anders Borg, que representou a União Europeia, concordou que o resultado foi "insatisfatório".

Fonte: G1, com agências internacionais
Postado por Wilson Junior Weschenfelder


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes